Curta a nossa página
 
05/05 14h16 2020 Você está aqui: Home / Penso, logo escrevo Weslley Paz weslleypaz@gmail.com

Festejos de Santo Antônio vira polêmica em Campo Maior

Após o anúncio da Diocese de que o festejo de Santo Antônio, que é realizado tradicionalmente de 31 de maio a 13 de junho, será realizado, excepcionalmente, em setembro deste ano em virtude do Coronavírus muita gente tem se rebelado e criticado a decisão da igreja. Até políticos se levantaram contra.

Agora eu pergunto, quem em sã consciência acredita que a igreja realizará a festa religiosa se a pandemia não tiver sido freada? Sinceramente gente, vamos ter noção das coisas. Tenho certeza absoluta que o Bispo Dom Francisco não iria dá uma de Bolsonaro e cometer um crime desse.

Diferente de muitos gestores públicos, a igreja trabalha com planejamento e responsabilidade e por isso precisa ter agenda para suas atividades. Por conta disso estipulou uma data para o evento.

O festejo em homenagem ao padroeiro de Campo Maior poderá colaborar com um reaquecimento da nossa economia local, pois o que faz a economia crescer é dinheiro novo, ou seja, dinheiro de fora. E o turismo religioso tem essa força. Mas infelizmente alguns de nossos líderes políticos tem uma visão muito míope das coisas. Mas isso é um problema nacional, basta reparar o comportamento do chefe da nação diante dessa crise. Ele é o espelho da nossa sociedade, infelizmente. 


  Tags:

sem tags

Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.