Curta a nossa página
 
20/08 10h14 2019 Você está aqui: Home / Blog da Ana Ana Maria Cunha campomaioremfoco@hotmail.com

Blog da Ana

Ana Maria Cunha

campomaioremfoco@hotmail.com

Você está aqui: Home / Blog da Ana - com Ana Maria Cunha

Duas partes do mesmo todo

A morte e a vida são partes do mesmo todo, mas incrivelmente antagônicas, contrárias e às vezes assustadoras.
Entre antíteses e metáforas podemos dizer que elas são parecidas, mesmo que em alguns momentos sejam totalmente inversas!
Por exemplo:
A vida às vezes pode parecer injusta, a morte também.
A vida é mistério, a morte também.
Elas estão sempre juntas, embora às vezes haja uma luta permanente da vida contra a morte.
A vida evita a morte e esta persegue a vida, e só quer um motivo para eliminá-la.
Às vezes numa topada a vida se deixa vencer e a morte gargalha na vitória!
Outras vezes a vida cansa de existir e a morte se demora a chegar, torturando a pessoa por anos a fio de forma inexplicável e dolorosa! E mesmo quando chega ainda se pensa que veio cedo demais!
Sim, porque a morte gosta de chegar sem avisar, se diverte em brincar de se esconder e de repente aparecer...  
A Vida teme a Morte e a Morte namora a Vida.
Quando a Morte pega um desprevenido o escolhe para dançar a dança final da Vida.
Algumas pessoas, no entanto, fazem o jogo inverso, e vivem procurando a morte!
Não deve funcionar assim! O certo mesmo é fugir dela! Do laço apertado na armadilha da moça justiceira que nunca esquece ninguém. Que espreita nas brechas que a vida deixa descuidada de si...
É normal a morte assediar, chamar, convidar e o nosso papel deve ser resistir, negociar, inventar modo alternativo de vida!
Dizem que por pior que seja a vida ainda é melhor que a morte, aliás, muito  se pensa e se fala sobre essas criaturas irmãs e rivais: a vida e a morte!
Há pessoas que nascem mortas, há vivos que não aproveitam a vida.
Há morte de alguns para que haja vida de outros.
Dizem que há casos em que a vida nem é boa e a morte vem como alívio!
A vida, por mais longa que seja não chega nem perto do tamanho da morte!
A vida é finita, a morte não! A vida pode ser eterna e a morte também.... 
Por isso não adianta viver pensando na morte,
Ela chega quando quer e, de forma drástica iguala todos, pobres e ricos, brancos e pretos, homens, mulheres, crianças e idosos.
Ela vem pra todos, contempla todos. 
Não podemos esquecer, no entanto, que apesar de assustadora ela será apenas uma passagem e que depois dela teremos outra vida, a vida eterna! E a perspectiva é que vivamos felizes agora e depois de agora.


  Tags:

sem tags

Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.