Curta a nossa página
 
12/08 17h33 2019 Você está aqui: Home / Penso, logo escrevo Weslley Paz weslleypaz@gmail.com

Penso, logo escrevo

Weslley Paz

weslleypaz@gmail.com

Você está aqui: Home / Penso, logo escrevo - com Weslley Paz

Rompimento de Paulo e Ribinha é só farinha jogada no ventilador

O que separa os homens dos meninos na política é a sabedoria nas estratégias adotadas, pois até para atacar o adversário é preciso ser algo bem pensado, senão fica sendo só mais um ataque que não leva a nada. Os mais observadores já perceberam que esse tipo de jogada política não funciona mais nem aqui, nem na China. Se ataques funcionasse Bolsonaro e Lula não teriam tanta força no cenário político nacional.

Em Campo Maior, o grupo que diverge do atual prefeito não tem adotado uma estratégia de gente grande e o motivo é porque está sem rédeas, sem líder e qualquer pessoa mesmo sem preparo intelectual e emocional sai jogando farinha no ventilador, isto é, atirando para qualquer lado.

PENSO, LOGO ESCREVO...

Alguém com uma mente perturbadora e confusa lançou na internet recentemente uma ideia altamente contraditória que certamente nem quem bolou o texto consegue acreditar no que propagou. O boato começava afirmando que Paulo Martins estaria controlando o Governo Ribinha e termina afirmando que o próprio Paulo será o candidato a prefeito.

PRIMEIRO PONTO: Desde que encerrou sua gestão de Prefeito de Campo Maior, Paulo foi presidir a FUNDESPI e deixou Ribinha bem a vontade na formação de sua equipe. O único nome que defendeu foi o de João Lima para o SAAE e este mesmo já foi até exonerado - digo isso com propriedade, pois era seu assessor na época. Quanto aos secretários escolhidos por Ribinha, creio eu que ele tenha adotado dois critérios – técnico e político. Ribinha é adepto da premissa de que o exercito de combate deve ser o mesmo de ocupação. Ou seja, aqueles que trabalharam na sua campanha, foram os escolhidos para compor o governo. Ribinha tem laço de amizade histórico com quase todos eles, talvez até a mais tempo do que Paulo e mantendo a equipe seria mais viável dá continuidade aos trabalhos do que colocar novatos para ainda aprender como funciona a máquina.

SEGUNDO PONTO: Esse é o que deixa a informação confusa e sem credibilidade – Paulo ser novamente candidato a Prefeito. Senão vejamos: Primeiro dizem que ele controla a gestão e depois dizem que ele será candidato e com o primo de vice. Como pode isso? Paulo já declarou diversas vezes até mesmo publicamente que o candidato é o Ribinha e ponto final. Se tivesse sinal de ser candidato, o rompimento tão sonhado pela oposição já teria acontecido, tendo em vista que a regra natural do jogo é que o prefeito dispute a reeleição, a não ser se isso fosse de consenso do grupo político.

Sem tradição política e muito menos parentesco, Paulo e Ribinha sempre mantiveram uma relação de amizade, confiança e respeito. Sabendo da força que tem os dois unidos, membros da oposição jogam para plateia que há rompimento entre a dupla. Essa é uma estratégia que já nasceu morta e que mostra o quão imaturo é o inventor dela. Mesmo com o desgaste que tem todo gestor - principalmente no momento político que vivemos - Paulo ainda é querido na cidade pelas obras de asfalto, saneamento, UBS, academias, troca de canos, salários em dia e tem a admiração da classe política pela forma coerente que sempre tratou a todos. Por esses motivos ainda tem bastante força no cenário político local e isso deve influenciar de forma eficaz na reeleição do Professor Ribinha.

E O VICE?

Bem, quem deve anunciar o seu vice é o próprio Professor Ribinha e acredito que ele deva obedecer alguns critérios que fortaleça sua chapa. Ribinha conseguiu criar uma relação de amizade com a vice-prefeita Dra. Liége que lhe permite dialogar sobre as diversas possibilidades que possa surgir no grupo sem que haja estremecimento na base. Já quanto a Edilson Sousa, empresário bastante respeitado na cidade e que teve seu nome lançado por lideranças políticas como pré-candidato a vice do Professor Ribinha, ainda não há nada definido. Ele se pronunciou nas redes sociais manifestando seu interesse em colaborar com a cidade e que isso só é possível através do poder público, porém, adiantou que irá para o grupo que atenda alguns pontos que ele entende como necessário para o desenvolvimento do município.


  Tags:

sem tags

Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.