Curta a nossa página
 
12/06 16h08 2018 Você está aqui: Home / Sexo Por Rafael Melo Imprimir postagem

É normal sentir dor na hora do sexo?

Três em cada quatro mulheres sentem dor durante relações sexuais, afirmam estudos recentes do Colegiado Americano de Obstetras e Ginecologistas. E pior: por falta de informação, muitas delas acabam por achar que isso é normal, e que depois de um tempo, a dor deve passar sozinha. Nada disso.

NÃO, não é normal sentir dor na hora do sexo. “Se dói, é porque tem algum problema”, explica a fisioterapeuta pélvica Débora Padua.

Para você entender melhor sobre o que pode estar acontecendo, batemos um papo com a fisioterapeuta e com a médica ginecologista Célia Beatriz David.

É normal sentir dor ao ter relações sexuais depois de um tempo sem transar?

“É importante saber a diferença entre dor e incômodo”, conta Débora. De acordo com ela, dores não são normais para o corpo, e é necessário prestar atenção. “É perfeitamente normal depois de muito tempo você acabar sentindo incômodo quando voltar”, esclarece Célia.

Segundo elas, dores aparecem para mostrar que existe algo errado no corpo, principalmente se elas persistem. Está sentindo algo estranho há um tempo? O recomendado é procurar o auxílio de um especialista para descobrir o motivo da dor, seja ele psicológico ou físico.

Quais são as causas mais comuns de dor e como prevenir?

É sempre bom lembrar que as dores podem ser causadas por algum processo infeccioso ou inflamatório, como cistos nos ovários ou endometriose. Por isso não deixe de ir ao ginecologista regularmente.

Mas às vezes a dor pode ser a resposta do corpo a algum desconforto. Situações como falta de excitação e desejo podem causar falta de lubrificação, e consequentemente desconforto e dor. Isso não deve ser ignorado.

Pode haver também questões psicológicas atrapalhando sua busca pelo prazer, e causando dor. Um médico pode ajudar a avaliar o problema.

“Para prevenir a dor é preciso saber qual é a causa dela. Então, é muito importante, se isso acontecer, procurar o ginecologista e fazer uma boa avaliação para detectar qual a causa da dor” explica Célia, já que muitas das causas exigem remédios e tratamentos.

“E é bom lembrar que a relação começa no beijo, então não adianta nada tentar se você não está afim, porque pode acabar causando desconfortos que podem ser duradouros”, acrescenta Débora.

FONTE: M de Mulher


  Tags:

sem tags

Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.