Curta a nossa página
 
11/01 18h17 2018 Você está aqui: Home / Polícia Por Rafael Melo Imprimir postagem

Governo exonera PM suspeito de matar Emily durante abordagem

O governador Wellington Dias acaba de exonerar o policial militar Aldo Luís Barbosa Dornel, suspeito de atirar na menina Emily Caetano, no dia 25 de dezembro, durante uma abordagem ao carro de sua família, na avenida João XXIII. Aldo havia ingressado na PM por força de uma liminar e já deveria ter sido desligado, mas a PM alega nunca ter sido notificada. 

Na tarde desta quarta-feira (10), o Comando Geral da Polícia Militar havia encaminhado para o governador, a sentença de regovação da liminar que anulou o teste psicológico do PM. Com a decisão, o policial está expulso da corporação. 

Caso Emily

A menina Emily Caetano, de 9 anos, estava no carro da família quando foi atingida a tiros durante uma abordagem policial. O caso ocorreu na noite de Natal (25), na Avenida João XXIII, zona Leste de Teresina.  Emily estava com o pai, o cantor Evandro Costa, que foi atingida na cabeça e perdeu parte da audição, a mãe Daiane Caetano e as duas irmãs. A mãe foi atingida de raspão no braço, ela estava com o bebê de 8 meses no braço.  A família alegou que não parou o veículo porque o bebê estava no banco da frente do veículo com a mãe.

FONTE: Fala Piauí


  Tags:

sem tags

Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.