Curta a nossa página
 
19/03 01h21 2017 Você está aqui: Home / Brasil Da Redação. Email: campomaioremfoco@hotmail.com Imprimir postagem

Prefeito natural do Ceará é assassinado a tiros em Candeias do Jamari-RO

O político foi alvejado com pelo menos cinco disparos de arma de fogo e morreu na hora. Os assassinos estavam em uma moto e os disparos teriam sido efetuados pelo garupa

O prefeito do município de Candeias do Jamari, cidade a 20 km de Porto Velho, em Rondônia, Francisco Vicente de Souza “Chico Pernambuco” (PSB) foi assassinado a tiros na noite deste sábado (18/03), no portão de sua residência, localizada no bairro União. Ele era natural de Araripe, no estado do Ceará.

 

O político foi alvejado com pelo menos cinco disparos de arma de fogo e morreu na hora. Os assassinos estavam em uma moto e os disparos teriam sido efetuados pelo garupa. Os dois fugiram.

 

Chico Pernambuco estava acompanhado de uma mulher, que ficou ferida na mão. 

 

 

HISTÓRICO

O político estava no seu terceiro mandato, mas ultimamente estava fora do poder. Foi candidato a deputado estadual pelo PMN nas eleições de 2010 obtendo 1.668 votos. Em 2012 se candidatou a prefeito da cidade de Candeias, pelo PMDB, ficando em terceiro lugar com 2.417 votos. O eleito foi Osvaldo Sousa “Dinho” (PV), que obteve 3.144. O segundo colocado foi Professor Raimundinho (PDT) com 3.103. Em 2016 foi eleito com 3.361 votos numa disputa com mais seis candidatos.

 

O município tem 19.779 habitantes, segundo o IBGE.

 

RENÚNCIAS

Na eleição de 2012, onde se reelegeu Osvaldo Sousa “Dinho” (PV), houve uma série de problemas. Dinho foi acusado de abuso de poder e chegou a ser afastado pela justiça eleitoral, mas acabou voltando ao cargo. Em 2014 renunciou para concorrer a uma vaga de deputado estadual. O vice Francisco Sobreira Chagas assumiu e também renunciou em março de 2016, alegando problemas pessoais, mas a imprensa divulgou que teria sido pressão de vereadores por propinas.

 

"Candeias tem que ter harmonia. Se tiver harmonia entre os dois poderes, as coisas andam. Como não tem harmonia, eu vou para casa", alegou Chagas a época.


  Tags:

sem tags

Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.