Curta a nossa página
 
22/12 10h30 2016 Você está aqui: Home / Política Da Redação. campomaioremfoco@hotmail.com Imprimir postagem

Filhos de Wellington Dias tiveram jatinho e hospedagem em resort de luxo pagos com dinheiro público, diz site

Governo confirmou que os documentos divulgados são verdadeiros, mas alegou que foram viagens oficiais. Agendas provam o contrário

Documentos divulgados nas redes sociais nesta quinta-feira (22/12), e confirmadas sua autenticidade pelo próprio chefe do Gabinete Militar do governo do estado, o coronel Denilson Marques, mostram a farra com o dinheiro público no estado do Piauí. Os filhos do governdor Wellington Dias (PT) e da Secretária de Estado da Educação, e deputada federal, Rejane Dias, viajaram para a paradíaca praia de Barra Grande, em Cajueiro da Praia, litoral do Piauí, em duas oportunidades, com todas as despesas pagas pelo Estado. Em uma das viagens, o filho Vinícios, a eposa e mais três pessoas, foram de jatinho, que cstou R$ 13.195,00. 


Segundo o Portal AZ, de acordo com os documentos do Gabinete Militar, a viagens realizadas em maio e junho de 2015, custaram mais de R$ 24.000 aos cofres públicos do estado.

 

Constam nos documentos (postados logo abaixo) que no mês de maio o Gabinete Militar, órgão responsável por despesas básicas do governador, autorizou o pagamento do aluguel de um jatinho, no valor R$ 13.195,00, de 01 a 03 de maio de 2015, (de sexta a domingo) para uma viagem de Vinicius Dias ao litoral piauiense. Ainda de acordo com os documentos, na mesma data foi pago ainda, também pelo governo do Estado, a estadia de Vinicius na Resort BobZ, ao custo de R$ 4.072,00.

 

Já entre os dias 4 e 7 de junho de 2015 (de uma quinta a domingo) os três filhos de Wellington e Rejane se hospedaram na pousada Manatí, também na praia de Barra Grande, em Cajueiro da Praia, totalizando o valor de R$ 10.812,60, com direito a acompanhantes.

 

Ao portal AZ, o governo, através do coronel Denilson Marques, chefe do Gabinete Militar, disse que houve má fé na divulgação dos documentos, e que uma sindicância será aberta para investigar o vazamento, mas disse que os pagamentos foram dentro da legalidade e estão disponíveis no Portal da Transparência. Ele justificou que o governador estava em uma viagem oficial, junto com sua família, e que o normal, e que está previsto na lei complementar 28/03, é que o gabinete é responsável pela segurança, deslocamento e hospedagem do governador do estado e de seus familiares, e assim foi feito.

 

Ocorre que nas duas datas não consta na agenda do governador, nenhum ato oficial em Cajeueiro da Praia. No caso de junho, a segunda viagem, consta na pagina do governo que no dia 04 Wellington Dias estaria em Teresina pela manhã e à noite no festival de inverno em Pedro II. Nas demais datas, a agenda oficial do governo não consta nada. 

 

VAMOS AO DOCUMENTOS

 

DO ALUGUEL DO JATINHO

Observem ACIMA, NO RELATÓRIO DE VÔO em "observação de bordo" que constam apenas os nomes de Vinícios Dias, Jairo Ribeiro, Anny Rafaela (esposa de Vinícios), Narivânia Leite e outra pessoa com sobrenome Almeida. Não constam nem o nome de Wellington Dias, nem de sua esposa Rejane Dias, nem dos outros dois filhos do casal, Daniele e Yasmin. 

 

DA HOSPEDAGEM

Nos documentos divulgados, aparece um despacho de encaminhamento de fatura para o pagamento de R$ 4.072,00 referente à hospedagem no Resort BobZ, em nome de Vinícios Ribeiro Dias e acompanhante, referente a viagem do mês de maio. Em se tratando de viagem oficial, a nota de empenho para pagamento não deveria sair em nome do gabinete militar, do cerimonial?

 

 

Na viagem do mês de junho, não constam documentos de aluguel de jatinho. A família teve ter ido por terra mesmo, mas consta da hospedagem na Pousada Manatí. Desta vez, as notas constam os nomes  do três filhos do casal, e acompanhantes. Mais uma vez não constam nomes de Wellington Dias de Rejane. Segundo a agenda oficial do govarnador (divulgada mais abaixo) nestas tadas constam apenas uma atividades oficial em Teresina e Pedro II, ambas no mesmo dia.

 

SEGUE AS AGENDAS DO GOVENADOR NAS DATAS DAS DUAS VIAGENS DOS FILHOS AO LITORAL DO PIAUÍ

 

As agendas do govenador no período das duas viagens dos filhos, pagas com dinheiro público, mas como justificativa é que foram oficiais, mostram a maioria das datas como "sem compromissos para o dia". 

 

O que são viagens oficiais de um governador?

 

 

 


  Tags:

sem tags

Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
lista mais

Artigos relacionados