Curta a nossa página
 
28/12 07h58 2019 Você está aqui: Home / Política Da Redação Imprimir postagem

'Juiz de garantia' de deputada do Piauí é para retardar processo e favorecer réus, diz jornalista

Parte da imprensa nacional, aquela que combate a corrupção, continua sem digerir a emenda batizada de “juiz de garantias” que foi incluída no pacote anticrime do ministro Sergio Moro. A proposta é a deputada federal do Piauí Margareth Coelho (PP) em conjunto com o deputado Paulo Teixeira (PT-SP). O jornalista José Nêumanne escreveu no "Estadão" dessa sexta-feira que "Quem tiver dúvidas sobre juizado de garantias [...] pode dirimi-las vendo quem a criou e apoia - PP, PT e esquerda - e quem a critica - Moro, Bretas, Oriovisto, Alessandro.

Para o jornalista, a proposta da deputado piauiense, já sancionada pelo presidente Bolsonaro, é para garantir a sobrevivência de quem a criou. 

"O jabuti do juiz de garantias foi criado sob as bênçãos do ministro do STF Alexandre de Moraes pelas mãos de Margarete Coelho (PP-PI) e Paulo Teixeira (PT-SP). Foi feito sob medida para inventar uma quinta instância, tornando a Justiça mais lerda e mais cara só para favorecer réus abonados. Basta comparar quem a apoia (PT, esquerda, Centrão) e quem a critica (Moro, Bretas e Oriovisto)."

Nêumanne ainda lembra que Margarete Coelho é de uma legenda que forneceu muitos réus à Lava Jato


  Tags:

sem tags

Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
lista mais

Artigos relacionados