Curta a nossa página
 
15/11 16h48 2019 Você está aqui: Home / Geral José Sérgio Imprimir postagem

Turistas se banham na Praia de Atalaia apesar de reaparecimento de manchas de óleo

Os turistas do município de Luís Correia continuam indo à Praia de Atalaia e tomando banho no mar nesta sexta-feira (15), apesar das orientações dadas pela Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Piauí de que o local está impróprio para o banho devido ao reaparecimento de manchas de óleo.

O comunicado foi divulgado na noite desta quinta-feira (14). A Capitania dos Portos disse que a medida da Semar é preventiva e somente na quinta-feira eles recolheram 80kg de óleo.

Em entrevista, Eric Machado, gerente da Barraca do Carlitus, estabelecimento comercial que fica localizado na Praia de Atalaia, informou que em alguns pontos não há manchas de óleo e que, por isso, as pessoas continuam frequentando. “Nós realizamos a retirada das algas rotineiramente e aconteceu de aparecer os resquícios das manchas de óleo, mas são poucos. Tão tal que tem muitas pessoas banhando na praia”, comentou.

Entretanto, Eric também destacou que as vendas no estabelecimento caíram mais de 50%. “Pela expectativa que tínhamos do fluxo de clientes na barraca logo cedo, já era para estar lotado. Entretanto, ainda não temos nem 40% das mesas ocupadas. Ou seja, caiu mais da metade das vendas. Agora, vamos ver no decorrer do dia”, reclamou.

A informação de que a Praia de Atalaia estaria imprópria para o banho desagradou muitos turistas que decidiram aproveitar o feriado em Luís Correia, como é o caso do funcionário público aposentado Gonçalo Lopes.

“É desagradável. Nós não costumamos ver a praia desse jeito. As pessoas estão desanimadas para entrar na água. Nós saímos de Teresina por volta da 07h30 da manhã e chegamos 13h em Luís Correia. Ontem fomos na praia, foi no final da tarde. Hoje de manhã, fomos de novo na praia e agora estamos indo para Barra Grande. Ontem, não vimos as manchas e a maré estava alta”, afirmou.

Praia de Atalaia passa por limpeza

O gerente de fiscalização da Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Piauí (SEMAR), Renato Nogueira, informou que equipes serão enviadas na manhã desta sexta-feira (15), para realizar a limpeza da Praia de Atalaia, situada no município de Luís Correia. Além disso, outros profissionais irão efetuar o monitoramento das outras praias do litoral piauiense.

Renato Nogueira explicou o motivo pelo qual as manchas de óleo atingiram determinadas praias e outras não. “Isso varia muito devido à correnteza e à maré. Nós suspeitamos que mais materiais possam estar vindo para cá. Nossa rede de alerta continua ativa, fazendo o monitoramento diário, com o apoio da Marinha, a Capitania dos Portos e das prefeituras municipais. Hoje, será feito a limpeza na praia de luís Correia, a equipe da prefeitura vai estar fazendo a coleta do material, enquanto outras equipes estarão monitorando outras praias”, comentou.

O gerente de fiscalização também destacou que foi notado uma mudança de comportamento das manchas de óleo. Agora, elas estão mais espaçadas e estão sendo encontradas nas plantas das praias. “A mancha mudou de comportamento. Ela se apresentava de forma mais agregada, compacta e de ontem para hoje a maré trouxe manchas pequenas, mais espaçadas, fragmentadas, com mudança de coloração”, comentou.

As instituições reforçam o perigo do contato do material com a pele humana, visto que, o material pode causar dermatite e diversas reações alérgicas, dependendo de pessoa. Além disso, estão sendo providenciadas placas indicativas para serem postas nas praias.

“A orientação que nós damos é não entrar em contato com as manchas. Seja ela no capim, na areia da praia, o banhista não deve entrar em contato. Se você encontrar uma sujeira do corpo decorrente de manchas, deve ser feita uma limpeza com um óleo vegetal, óleo de cozinha, para remoção e posteriormente uma limpeza com água e sabão”, destacou Renato Nogueira.


  Tags:

sem tags

Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.