Curta a nossa página
 
22/08 17h52 2019 Você está aqui: Home / Brasil José Sérgio Imprimir postagem

Pai mata filho de 2 anos e se suicida, em MG: 'decisão e consequência', escreveu em carta

Moradores do bairro Nova Floresta, em Patos de Minas (MG) ficaram horrorizados nesta terça-feira, quando uma mulher chegou em casa, por volta das 18h, e se deparou com o filho e o marido mortos. Segundo a Polícia Militar, Evandro Santos de Araújo, de 34 anos, matou o menino João, de 2 anos, e em seguida cometeu suicídio. A história também comove usuários de redes sociais, que deixam mensagens de luto no perfil da mãe da criança.

Consta no boletim de ocorrência que Evandro e a mulher estavam cogitando uma separação. No armário da cozinha na residência, policiais encontraram o celular do autor e uma carta deixada por ele, que dizia: "você não se arrependeu, mas vai sentir arrependimento agora como eu senti... Aprenda a ter respeito... Decisão e consequência".

Quando os PMs chegaram ao local, já havia uma unidade do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que atestara a morte dos dois e atendia a mãe da vítima, ainda muito abalada com o ocorrido.

Na terça-feira, Evandro não trabalhou e João ficou sob seus cuidados. Quando a mãe chegou em casa, se deparou com o filho e o marido mortos lado a lado na varanda. Segundo a PM, ela então voltou para a rua, aos prantos, pedindo ajuda aos vizinhos.

A Polícia Civil foi acionada para realização de perícia e os corpos foram encaminhados ao IML.

Segundo a assessoria de imprensa da corporação, a motivação do crime teria sido um desentendimento conjugal. As investigações envolvendo as mortes de pai e filho seguem em andamento.

Uma tragédia semelhante ocorreu em Piraquara, na Grande Curitiba, no Paraná, na madrugada de 16 de junho deste ano, quando um menino de 4 anos foi morto pelo pai, que em seguida se suicidou.

Segundo a Polícia Civil do Paraná, Neri da Rosa, de 37 anos, não aceitava o término de seu relacionamento com a mãe da criança. Com base num bilhete que ele teria deixado, a motivação do crime foi apontada como vingança. Davi Gabriel Franco da Rosa foi esganado enquanto dormia em seu quarto, na casa onde morava no bairro Guabirutuba.


  Tags:

sem tags

Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.